Quando as temperaturas começam a descer é normal que os músculos e articulações reclamem mais. Não é um mito e a solução está em se manter ativo e se agasalhar no inverno.

As dores nas costas e no pescoço aumentam no inverno porque existe muito desconhecimento das pessoas sobre os cuidados e prevenção.

Por que o corpo muda no inverno?

O corpo muda no inverno para manter a sua temperatura interna e as funções do organismo. O movimento dos músculos e articulações regula, melhora e mantém o fluxo circulatório dos tecidos do corpo. Essa condição equilibra e mantém a temperatura normal dos músculos e articulações no inverno.

Por causa da temperatura baixa, o fluxo sanguíneo diminui, os músculos retraem, os vasos sanguíneos se estreitam e o frio evidencia a sensibilidade a dor.

Por que as dores aparecem no frio?

No inverno os músculos tendem a contrair, numa reação normal ao frio, e esse quadro pode provocar dores nos músculos e articulações.

Por que as pessoas com dor crônica nas costas e pescoço sofrem mais?
As queixas da coluna vertebral fazem-se ouvir, em forma de dor. O frio não agrava apenas as dores musculares, ele atinge também as articulações do corpo em pacientes com problema ou não na região.

O frio evidencia a sensibilidade à dor, e pacientes com dor crônica musculoesquelética podem sentir mais os sintomas nesse período. O frio provoca contrações dos músculos e articulações causando a perda da mobilidade desses tecidos. A contração dos músculos vai provocar um aperto maior nas articulações, aumentando o atrito já existente na região, causando a dor e evidenciando ainda mais a sensibilidade.

O que fazer para evitar as dores nas costas e no pescoço no frio?

No inverno não se deve parar de exercitar. É importante que todos se agasalhem e tenham um cuidado maior com o aquecimento e alongamento. O erro grande e que levará a piora das dores nas costas e no pescoço no inverno, é interromper ou diminuir as atividades físicas regulares.

Ao fazer atividade física como caminhada ou corrida, por exemplo, é preciso se agasalhar melhor.

Educação e manter-se ativo evita dores e sofrimento no inverno.

No frio, a musculatura tende a ficar rígida naturalmente, e essa condição predispõe os músculos e articulações a lesões. Para diminuir esse risco, fazer os alongamentos e um pré-aquecimento da musculatura antes de qualquer atividade física é fundamental, mesmo que o exercício seja de baixa intensidade, como a caminhada, por exemplo. A educação sobre a dor e manter-se ativo, ajuda a afastar as dores nos músculos e articulações e os riscos de travamento no inverno.

Para você que já sofre no dia a dia com as dores nas costas e no pescoço, aprender a executar sozinho o exercício adequado para os músculos e articulações, características do método McKenzie de tratamento é a solução mais eficaz. Os exercícios do método Mckenzie restabelecem a elasticidade dos tecidos normais e a mobilidade natural, evitando assim as dores no cotidiano e no frio. Desta forma, as recaídas da dor podem ser evitadas no futuro.

Tratamento eficaz para dor crônica nas costas e pescoço.

A metodologia da Fisioterapia Avançada possibilita estimular, educar e habilitar o paciente para praticar de forma competente o autocuidado e autotratamento, visando assim, não apenas a solução dos sintomas atuais, mas também a prevenção, a longo prazo, da incidência de novas crises.

O Método McKenzie não visa apenas a solução dos sintomas atuais, mas também a prevenção, a longo prazo, da incidência de novas crises.

Além de ser um tratamento rápido, eficaz e seguro, visto que geralmente são necessárias poucas sessões (5 a 7 sessões) para o alivio dos sintomas, o paciente pode fazer exercícios em casa ou no trabalho, evitando as idas ao consultório do fisioterapeuta.

Benefícios e Vantagens do Método McKenzie

A maioria dos pacientes, quando dispõe do conhecimento adequado sobre o seu problema de coluna, pode se tratar com sucesso.

- Em poucas sessões é possível sentir alívio total dos sintomas.

- Permite identificar aqueles pacientes que melhoram rápido, os que respondem devagar e os que não respondem ao tratamento e, por consequência, precisam de outra abordagem terapêutica.

- O paciente é capacitado, estimulado e encorajado a desenvolver ações que evitem novas crises e exercícios que minimizem a dor.

- Os exercícios indicados podem ser realizados em casa e no trabalho, estimulando o paciente a manter-se ativo durante o tratamento.

Dr. Abnel Alecrim, Fisioterapeuta, Especialista em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil.

Deixe seu recado:

Travesseiro Regulável Nipponline

Entre em Contato

(19) 3308-6330

Segunda à Sexta das 8h às 18h.