O que é?

A corcunda de viúva, também conhecida como corcunda de búfalo ou coxim de gordura dorsal-cervical, é a projeção para frente do pescoço e da cabeça, criando uma saliência permanente na parte superior das costas e inferior do pescoço.

(Créditos da Foto: Cleveland Clinic Health Essentials).

Essa condição leva os ombros para frente e permite um arredondamento das costas, provocando o aumento da saliência existente na parte superior da coluna.

A corcunda da viúva não se desenvolve da noite para o dia e pode, inicialmente, aparecer como um depósito de gordura na base do pescoço, resultante de uma postura da cabeça inclinada para a frente.

Causas

Existem várias causas para uma pessoa desenvolver a corcunda da viúva, por exemplo, como resultado de fraturas de microcompressão na vértebra, decorrentes da frequente inclinação para a frente ou o acometimento de osteoporose grave e obesidade.

Ainda, podem ser citados o uso prolongado de esteroides, de medicamentos como a prednisona, que aumenta a produção de cortisol, ou a corcunda decorrente do efeito secundário de medicamentos para o tratamento de HIV.

Entretanto, ainda que possam ser muitos os fatores responsáveis pelo problema, importa chamar a atenção para que a má postura é a principal causa da corcunda de viúva.

Má postura é o principal vilão da coluna

Em pacientes com corcunda de viúva, detecta-se facilmente um problema postural, aparente pela posição da cabeça mais avançada do que deveria estar em relação ao corpo.

Sem dúvida, a postura danosa à coluna pode ser atribuída ao hábito de inclinar-se para a frente de modo inadequado, provocando o aparecimento da corcunda e/ou o agravamento dessa disfunção.

Assim, tarefas tão cotidianas como trabalhar em computadores, ler mensagens de texto no celular, passar tempo prolongado e sem pausas em frente à televisão, ler deitado ou recostado em posição prejudicial à coluna podem ser origem da má postura e, consequentemente, de problemas futuros.

Ao inclinar inadequadamente para frente a cabeça e o pescoço, a região estressada e comprimida acumulará cálcio, produzindo gradativamente a protuberância na área do pescoço.

Mulheres precisam de mais atenção

Com certa frequência, mulheres são mais diagnosticadas com corcunda de viúva, o que tem relação com questões fisiológicas.

Os depósitos de gordura no pescoço são mais comumente encontrados em mulheres acima de 40 anos. Nessa idade, a menopausa ocasiona mudanças hormonais no corpo, associando fatores de risco para a saúde da coluna, como a osteoporose e a obesidade.

Foto: Beauty Black Book.

Fisioterapia e tempo são aliados no tratamento

Um tratamento eficaz para a corcunda de viúva se inicia com informação de qualidade. Informação sobre as características do problema, suas causas, a prevenção e o tratamento para os casos diagnosticados, que engloba exercícios específicos e a correção da postura corporal.

A Fisioterapia é o tratamento mais indicado para a corcunda de viúva e maioria dos pacientes, com esforço, dedicação e um bom acompanhamento profissional, alcança um resultado positivo.

Com a prática regular de exercícios adequados, a perspectiva é que as dores desapareçam, a postura melhore, a saliência diminua e o paciente se sinta muito melhor.

Infelizmente, o problema não desaparece rapidamente, podendo demorar muito tempo para corrigir-se, até mesmo meses. Se o paciente esperar muito para iniciar o tratamento, será quase impossível fazê-lo desaparecer completamente.

Enquanto não tratada, a corcunda de viúva causa dores na cabeça, pescoço, ombros, braços e mãos. O paciente pode perceber o queixo se aproximando do peito e o resultado final dessa condição será uma considerável piora da postura e o agravamento do processo degenerativo na coluna.

Assim, quanto antes for iniciado o tratamento, maiores as chances de sucesso em menor tempo. A boa notícia é que, em muitos casos, a corcunda de viúva pode ser não apenas melhorada, como também evitada, com a Fisioterapia.

Dicas para aliviar as dores

- Sentado, posição neutra, colocar 3 dedos da mão no queixo. Sentado, retração da cabeça (queixo pra dentro, vai pra trás e volta) 10 repetições, 3 vezes por dia (vídeo). Isso alivia as dores, melhora a circulação e a nutrição dos discos, músculos e ligamentos do pescoço.

- Na cadeira a 90 graus acerte a postura sentada.

- Dê pausas a cada hora.

👔 🎓 Dr. Abnel Alecrim, Fisioterapeuta, Pós-graduação em Reabilitação Musculoesquelética e Esporte, Campinas, SP, Brasil.

Confira o Método Mckenzie

Deixe seu recado:

Entre em Contato

(19) 3308-6330

Segunda à Sexta das 8h às 18h.